Início » Itens escolares 📕✒️ » Cartão de Material Escolar do Bolsa Família – Entenda sobre o benefício

Cartão de Material Escolar do Bolsa Família – Entenda sobre o benefício

O Bolsa Família é um programa social que visa a transferência direta de renda, direcionado às famílias em situação de pobreza ou de extrema pobreza em todo o país. Sendo assim, os valores são repassados para quem tem maior necessidade, para família em situação de baixa renda e também famílias cadastradas no programa de benefício do Bolsa Família.

O objetivo do programa é reduzir o nível de pobreza dessas famílias, garantindo o direito à alimentação e o acesso à educação e à saúde por meio da possibilidade de comprar os itens básicas da lista de material escolar de 2021. Garantindo assim todos os materiais escolares para quem tem direito na rede pública de ensino em qualquer canto do país.

Além dos valores que são direcionados às famílias, o programa oferece outros benefícios, entre eles, o Cartão de Material Escolar. Leia aqui como receber o cartão, quais são os valores ali contidos, saiba mais sobre as papelarias credenciadas e os alunos que tem direito ao material cedido pelo governo.

O que é o Cartão de Material Escolar do Bolsa Família?

Cartão de Material Escolar do Bolsa Família

O Cartão de Material Escolar é um cartão magnético de débito, cujos valores são utilizados para que o filho (ou filhos) dos beneficiários possam estudar na escola com alguns materiais específicos financiados pelo programa do cartão material escolar, comprando em papelarias credenciadas para o volta às aulas na rede pública, seja na educação infantil, educação básica ou em demais instituições de ensino.

Os recursos para o Cartão de Material Escolar são provenientes de convênios realizados entre o Governo Federal e os governos estadual e municipal, e os recursos são pagos anualmente no mês de Janeiro, antes do início do ano letivo. Assim os beneficiários podem ir em papelarias perto de sua casa e receber o benefício em uma lista de materiais, usados em escolas.

Para quem é indicado? Como solicitar?

Cartão Bolsa Família Escolar

Para ter acesso ao cartão, é preciso, em primeiro lugar, estar cadastrado no programa Bolsa Família. Geralmente as famílias inscritas já são as famílias beneficiadas neste ano com o programa cartão material escolar, tendo assim direito ao uso nas papelarias cadastradas e matriculadas na rede de ensino.

As famílias que se encaixam no programa devem apresentar renda mensal de até R$89,00 por pessoa (consideradas em extrema pobreza) ou renda mensal entre R$89,01 e R$178,00 por pessoa (em condição de pobreza). Quem tem essa faixa e quem recebe mais ou menos isso vão receber, do contrário, é necessário atualizar cadastro e verificar quem tem direito ao cartão.

Como o valor do auxílio pode ser menor do que o preço estimado para o kit escolar completo de algumas séries do fundamental e médio vale a pena conferir quais são as lojas mais baratas para comprar material escolar. Principalmente quando o assunto é ensino especial ou educação infantil. Fique sempre por dentro aqui e acompanhe as últimas notícias.

Além disso, é preciso ter em sua composição gestantes e crianças ou adolescentes entre 0 e 17 anos. Só assim será possível receber o cartão pelo governo para os estudantes beneficiados em muitas famílias, indo desde o ensino infantil até fundamental nas escolas.

É necessário também que a família esteja inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, com seus dados atualizados há menos de 2 anos. Os pais devem ficar de olho na sua ficha cadastral, além de que pode verificar até dia do recebimento do benefício, fique antenado nas últimas notícias sobre esse benefício em casa.

Para ter a certeza de que pode solicitar o Cartão Material Escolar, você pode ligar para o número 156, via telefone fixo. Aperte a opção 2 e em seguida, informe o número do CPF do responsável pelo estudante. É possível saber quem terá direito ou famílias que tenham direito em consulta feita pelo telefone ou pelos serviços disponíveis no site.

O atendente irá informar se você é beneficiário ou não. Assim você sabe quem tem direito ao benefício e já se prepara para às aulas presenciais, seja do ensino infantil, rede fundamental de ensino e demais estudantes da rede de educação básica.

Outra opção é consultar o site da Secretaria de Educação de seu Estado. A consulta é feita pelo CPF, além de ver todos os outros dados que é importante para quem ainda tem dúvidas, principalmente quando o assunto são escolas públicas e qual família recebe o benefício para os filhos, sendo usado em qualquer loja credenciada entre as vagas abertas.

Para manter o benefício, é preciso que haja garantia de frequência escolar – o mínimo para crianças e adolescentes de 6 a 15 anos é de 85%, enquanto que para adolescentes de 16 e 17 anos a frequência é de 75%.

Isso é importante para garantir que quem recebe esteja interessado na escola, cumprindo todos os requisitos necessários, dessa forma vão receber o que o projeto prevê sem demais problemas no cartão que será enviado.

Além disso tudo, o estudante ainda deve residir com a família, é claro, morando com os pais e mães cadastrados, em alguns casos será feito a conferência.

Como funciona o Cartão de Material Escolar do Bolsa Família?

O primeiro passo é desbloquear o seu cartão. Para isso, é preciso ligar para a Central de Atendimento Material Escolar. O telefone é (61) 3029-8440. Veja o passo a passo abaixo quanto à consulta feita pela telefonia.

Informe ao atendente o CPF do responsável pelo estudante e os quatro últimos dígitos do cartão, e o mesmo será desbloqueado.

Cada família tem direito a apenas um cartão, com o valor máximo de R$560,00, considerado suficiente para o ensino especial na escola, nas aulas presenciais, no ensino infantil e todas as demais possibilidades da rede pública de ensino e escola em questão.

Você poderá comprar apenas os materiais listados pela Secretaria de Educação. Para o ensino fundamental são 24 itens e 20 itens para o ensino médio, que serão necessários na escola e de acordo com os alunos e ensino correspondente.

É proibida a compra de outros artigos que não constem na lista de materiais que podem ser adquiridos, podendo tanto o beneficiário quanto a empresa credenciada sofrerem infrações. Tudo está sendo registrado para que os cartões sejam usados conforme a expectativa é criada.

Os estudantes de ensino fundamental receberão o valor de R$320,00 e os de ensino médio R$240,00 e as compras devem ser realizadas na opção “débito”, mediante o uso de senha e quatro dígitos fornecida na carta-berço, entregue juntamente com o cartão.

O valor disponível no cartão expira em 45 dias, a partir do dia 2 de maio. Não são disponibilizadas compras posteriores, além do que as famílias já gastaram para uso diretamente na escola.

O Cartão de Material Escolar é um benefício extremamente importante para as famílias que mais necessitam de auxílio e que, em muitos casos, necessitam dessa ajuda para sobreviver.

Ainda, a iniciativa contribui para o comércio, tanto nas grandes cidades quanto nos pequenos municípios do interior. Ainda não tem o seu? Leia também aqui como funciona.

Comente